Club de Férias

Agora você pode viajar com mais economia. O Cartão Club de Férias foi projetado e idealizado para atender ao funcionalismo público em gera

 

Agora você pode viajar com mais economia. O Cartão Club de Férias foi projetado e idealizado para atender ao funcionalismo público em geral, inclusive à classe sindical. Com ele, você recebe descontos para se hospedar em hotéis de diversas cidades do Brasil, além de descontos também em produtos e serviços.

Basta escolher com antecedência onde passar seu fim de semana, feriado ou as esperadas férias. Entre em contato com as centrais de atendimento e faça a sua reserva. Ligue para (11) 3104-5644 / 3101-5855 / 3101-4002 / 2854-6300 / 2854-6264 / 3101-0002 (de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h30).

Acessar site

 

Fonte:


A6 Corretora de Seguros

Conhecendo melhor nosso parceiro

 

A6 Corretora de Seguros tem como missão oferecer a melhor proteção, pelo custo mais justo e com a máxima agilidade na reposição das perdas às pessoas e seus familiares, com responsabilidade e seriedade, interagindo com os nossos colaboradores e com o mercado segurador.

Monte seu seguro de acordo com suas necessidades e perfil com total transparência, entenda exatamente o tipo de seguro que você está adquirindo sendo ele de saúde,vida, acidentes pessoais, residencial, de automóvel ou empresarial.

Entre os Principais valores da equipe A6 para melhor atenter, satisfazer e facilitar ao máximo  o contato com os clientes encontram-se o Comprometimento, Confiança, Cumplicidade, Inovação, Respeito ao ser humano. Através desses valores nossos seguros propiciam o bem estar pessoalfamiliarmaterial e empresarial.

A qualificação das operações e a filosofia de trabalho se refletem no crescimento contínuo do volume de serviços prestados pela empresa, nas instalações constantemente modernizadas e no aumento da produção e do número de clientes.

 

Facilite! Para deixar a vida segura, entre em contato com a equipe A6 Corretora de Seguros.

 

 Endereço: Av. Escola Politécnica, 5950 - C2 - 222 São Paulo / SP

 Email: glaucio@a6corretora.com.br

 Telefone: (11) 3331-3391 ou (11) 9 9104-5211

Site: A6corretora.com.br

Facebook: facebook.com/a6corretora

 

Fonte:


EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEIÇÕES SINDICAIS

Convocação para a eleição dos dias 14 e 15 de maio de 2015.

 

A Comissão Eleitoral do SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SEGURO SOCIAL E PREVIDÊNCIA SOCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO - SINSSP, no uso de suas prerrogativas expressas nos artigos 28 e seguintes do Estatuto Social, convoca através deste Edital todos os associados em condições de votar nos termos do estatuto, para participar das eleições para renovação da Diretoria e Conselho Fiscal desta entidade, a se realizar nos próximos dias 14 (quatorze) e 15 (quinze) de maio de 2015, no horário das 9h00min às 17h00min, através de urna fixa instalada na sede do sindicato, sito à Rua Aimberê, 2053 - Perdizes – São Paulo - SP, e urnas itinerantes que coletarão votos alternadamente, a critério da comissão eleitoral, nos locais das seguintes Agências da Previdência Social: Agência Osasco, Agência Tatuapé, Agência Jaú, Agência Mogi Guaçu, Agência São Bernardo do Campo, Agência São Caetano, Agência Brás (SP), Agência Centro (SP), Agência Jundiaí, Agência Presidente Prudente, Agência Campinas, Agência Piracicaba, Agência São José do Rio Preto, Agência Marília e Agência São José dos Campos.

Os endereços das agências podem ser encontrados no site www.previdencia.gov.br.

O prazo para requerer o registro de chapas é de 08 (oito) dias contados a partir da publicação deste Edital. As chapas deverão ser apresentadas completas para todos os cargos eletivos e instruídas com toda a documentação dos candidatos, de acordo com o regimento eleitoral aprovado em assembleia no último dia 21.3.2015, em conformidade com o estatuto.

O requerimento de inscrição de chapa deverá ser protocolizado na Secretaria do Sindicato, no endereço acima mencionado, no horário das 09h00min às 12h00min e das 13h00min às 16h00min, onde haverá pessoa habilitada a dar informações e fornecer recibos.

Ocorrendo empate nova votação com apenas a participação das chapas inscritas ocorrerá nos dias 28 (vinte e oito) e 29 (vinte e nove) de maio de 2015 nos mesmos locais e horários da primeira convocação.

São Paulo, 07 de abril de 2015.

Rogério Gianini – Presidente da Comissão Eleitoral

 

Fonte:Sinssp


EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

Convocação para a Instauração do Processo Eleitoral, com definição de data e início da eleição, bem como os tramites da eleição.

 

O presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SEGURO SOCIAL E PREVIDÊNCIA SOCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO - SINSSP, no uso de suas prerrogativas expressas nos artigos 15 e 35 do Estatuto Social, convoca todos os trabalhadores em pleno gozo de seus direitos sociais, nos termos do artigo 27 do estatuto, para reunirem-se em Assembleia Geral Ordinária Eleitoral, que será realizada no dia 21 de março de 2015, às 9h00min em primeira convocação, e às 9h30min em segunda convocação, com qualquer número de presentes, na Rua Aimberê, 2053 - Vila Madalena – São Paulo - SP - CEP 01258-020, para deliberarem a respeito da seguinte ordem do dia:

1) Instauração do Processo Eleitoral;

2) definição da data de início da eleição;

3) Discussão e aprovação do Regimento eleitoral;

4) Eleição da Comissão Eleitoral, nos termos dos artigos 27 e 31 do estatuto.

São Paulo, 17 de março de 2015

Pedro Luís Totti – Presidente

 

Fonte:Sinssp


Mais um golpe contra os trabalhadores do INSS

Em Sergipe o novo Gerente do INSS pertence ao Partido do Presidente do INSS, é pastor e não pertence ao quadro funcional do Instituto, ou seja, não faz parte da carreira do Seguro Social.

 

Em Sergipe o novo Gerente  do INSS pertence ao Partido do Presidente do INSS,  é pastor e não pertence ao quadro funcional do Instituto, ou seja, não faz parte da carreira do Seguro Social.

Esse absurdo é possível devido a Medida Provisória 731 de 10/06/2016 que extingue os DAS e cria a FCPE (Funções Comissionadas do Poder Executivo) no INSS. São 1.327 cargos que poderão ser trocados, segundo a justificativa da Medida Provisória (MP) que diz que “o objetivo foi reduzir o número de cargos em comissão (24.250),  que têm regras de provimento mais flexíveis e permitem uma maior presença de pessoas sem vínculo na Administração Pública Federal (APF).”

O SINSSP defende que o princípio elementar para a construção da carreira seria a necessidade da discussão de critérios na ocupação dos cargos, entre eles, SER DA CARREIRA, tempo de casa, capacitação técnica, etc., para que os cargos possam de fato, ser ocupados por profissionais sem  critérios políticos e/ou pessoais.

O Sindicato não é contra a pessoa ser desse ou daquele partido, ou interferir na sua preferência religiosa, porém o que aconteceu em Sergipe não deve ser pré-requisito para ocupação de cargos.

Esse é um golpe muito duro para as  reivindicações mais antigas da categoria,  que é a construção da carreira, bandeira essa que esteve em pauta em todas as greves e lutas. Imaginem um Gerente que não conhece nada do INSS e da sua estrutura,  exigindo que o servidor conceda determinado benefício para seus apaniguados, onde o interesse privado estará acima do público.

Essa situação já foi vivenciada por Agentes da Previdência, à época dos Militares, que tinham até residência em determinadas agências. O tempo está retrocedendo e os golpistas de outrora junto com os de agora têm o mesmo modo de agir.

O desmonte da Previdência Social começou quando o Golpe foi consumado.  A fatura chegou, o custo está sendo alto  e deve ser pago com a tentativa  de sua privatização,  esses estão sendo os primeiros passos.

Você servidor, não pode deixar enganar-se, existem Sindicato e Entidade Nacional fazendo reunião com o Presidente do INSS desejando “boas vindas”,  “boa sorte”, “esperamos muito da sua gestão” e saindo em “fotinho” de mãos dadas com o inimigo, isso foi visto e ouvido  na página do INSS e em áudios postados.

Reunião e audiência com golpista somente com a categoria mobilizada e em luta, como estão fazendo os companheiros de Sergipe chamando para paralisação no dia 21 de julho, contra essa exceção que querem implementar no INSS.

O Sindiprev-Sergipe está apontando o caminho e o tratamento que deve ser dado a esse Governo sem voto.

O SINSSP vem solidarizar-se com os companheiros e pretende organizar uma luta de resistência contra todos os ataques aos diretos dos trabalhadores.

Rumo à construção da Greve Geral!

 

Fonte: