Qualidade de Vida e Envelhecimento Ativo: dicas sobre atividade física

A Profª Rose do SABE - Centro de Promoção de Saúde e Bem Estar - novo parceiro do sindicato - traz dicas e reflexões sobre a importância da pessoa com mais de 60 anos (a melhor idade) praticar atividade física. Vamos conferir?


SINSSP convoca servidores das CEABMAN's e ELABMAN's para reunião nesta quinta (30)

O SINSSP convida todos os servidores das CEABMAN's e ELABMAN's para participarem da reunião virtual nesta quinta-feira (30), das 16h às 18h, para levantar as dificuldades e problemáticas dessas áreas do INSS e discutir as soluções para que o sindicato trabalhe essas pautas com a direção central do Instituto.

É importante que todos participem, pois somente a união e mobilização dos servidores vai traçar um INSS mais justo para todos.

Faça a sua inscrição para receber o link da reunião clicando aqui.

Compartilhe esse convite com todos os seus colegas, venha e participe.
Juntos somos mais fortes!

 


Live PEC 32: o que foi aprovado na Comissão Especial da Câmara

Após diversas manobras, incluindo alterações no texto e até mesmo a troca de deputados da base governista que não queriam a aprovação da proposta, a Comissão Especial da Câmara aprovou nesta quinta-feira (23) o texto da PEC 32/2020, conhecida popularmente como "reforma administrativa". Porém, de reforma, a proposta não tem nada. Na live desta segunda-feira, a coordenadora nacional da ACD, Maria Lucia Fattorelli, conversa com a advogada Larissa Benevides para destrinchar o que foi aprovado na Comissão Especial da Câmara, os impactos dessa "contrarreforma" e o que fazer para evitar sua aprovação.

A PEC 32 é um verdadeiro ataque ao serviço público, prejudicando imensamente não só os servidores, mas toda a população que depende dele. Agora a proposta seguirá para o plenário, e precisaremos lutar juntos para pressionar os deputados a votarem NÃO e impedirem o fim dos serviços públicos no Brasil. Acompanhe a live e se informe para ajudar nessa batalha! É ao vivo, nesta segunda-feira (27) às 19h, no Facebook e no canal da ACD no Youtube, confira no link a seguir.

#NÃOAPEC32

 


Servidores mantêm pressão com vigília e atos contra a PEC 32, nesta terça (28)

Os servidores públicos vão ampliar a pressão junto aos deputados federais para que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32, da reforma Administrativa, não seja aprovada no plenário da Câmara, após o texto do relator Arthur Maia (DEM-BA) ter passado pela comissão especial com 28 votos a favor e 18 contrários.

Para pressionar os deputados federais a votar contra a reforma Administrativa os servidores farão atividades nesta terça-feira (28), ao longo do dia. Serão mantidas caravanas para Brasília e a vigília instalada no Anexo II da Câmara dos Deputados. Os organizadores orientam quem não for ao DF deve realizar atividades na base dos deputados, organizando manifestações nos municípios e manter a pressão nas redes sociais, marcando a arroba (@) de todos os deputados favoráveis à PEC 32, que destrói o serviço público.

As manifestações estão sendo organizadas pela Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam), a Federação Nacional dos Servidores e Empregados Públicos Estaduais e do Distrito Federal (Fenasepe), a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE), a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Seguridade Social (CNTSS).

“Vamos reforçar a necessidade de aumentar a pressão junto aos parlamentares com a ‘recepção’ às terças-feiras no aeroporto de Brasília; manter a vigília; a divulgação em outdoors sobre os perigos que representa à população esta reforma e a pressão nas bases dos deputados e nas redes sociais”, diz Pedro Armengol, diretor executivo da CUT Nacional e secretário de Finanças da Condsef.

Segundo o dirigente, é preciso derrotar a PEC 32 porque o relatório aprovado é muito ruim tanto para os servidores como para a população, com pontos críticos de privatização, precarização, quebra de concurso público, do regime jurídico único e arrocho salarial.

Os servidores públicos alertam ainda a população que o artigo 37 do texto do relator Arthur Maia, significa a privatização do serviço público, pois autoriza os governos federal, estadual e municipal a contratarem por até 10 anos profissionais terceirizados.

Para Pedro Armengol, nem emendas parlamentares e destaques podem salvar a PEC 32. “É preciso derrotar este monstrengo”, diz.

                Foram sete relatórios apresentados antes da votação e o artigo 37, da privatização, chegou a cair, mas trouxeram de volta o texto do governo porque o ‘deus mercado’ quer privatizar o serviço público para ganhar dinheiro em detrimento da população que ficará sem saúde e educação

- Pedro Armengol

Governo manobrou para conseguir votos

O dirigente acredita que apesar da derrota inicial, a manobra do governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL), com o apoio do presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) e de partidos aliados para substituir oito deputados na comissão, mostra que há o temor por parte do Executivo de que a PEC não seja aprovada no plenário.

A mesma avaliação tem o deputado Rogério Correia (PT-MG). Em áudio dirigido aos servidores por meio do WhatsAPP, ele incentiva a categoria a manter a pressão e a participar do dia 2 de Outubro pelo Fora Bolsonaro.

“Para vocês terem uma ideia, dos oito deputados do partido Novo, sete estavam na comissão para aprovar o texto, e eles só conseguiram aprovar por 28 votos a 18. Pelas nossas contas se não fosse a troca teríamos 26 votos e a PEC não passaria”, diz Correia.

Ele também afirma que a votação da PEC no Plenário da Câmara não será na semana que vem, como chegaram a especular, porque o governo não tem os votos necessários para a sua aprovação. Correia afirma ainda que a mobilização e a resistência dos servidores ajudaram a ganhar tempo.

                A pressão aumentou e precisa aumentar ainda mais nos municípios de cada deputado. É preciso envolver também os servidores municipais e suas famílias usando as redes sociais e até colocando cartazes e outdoor nas praças das cidades. Permaneçam na luta e nós vamos permanecer na resistência

- Rogério Correia

Diga Não à reforma Administrativa

O site Na Pressão disponibiliza canais de comunicação com deputados e senadores, é fácil e rápido lutar contra a reforma.

E você pode mandar seu recado de qualquer lugar pelo WhatsApp, e-mail ou telefone.

Participe da luta e pressione os parlamentares para que votem NÃO à reforma Administrativa (PEC) nº 32.

Para passar a valer uma PEC precisa de 308 votos favoráveis em dois turnos na Câmara e mais 49 votos no Senado Federal, também em dois turnos.

Dia 02 de outubro é contra a PEC e pelo Fora Bolsonaro

O deputado Rogério Correia reforça que um governo frágil como o de Bolsonaro com rejeição de 63% não pode aprovar uma reforma que mexe com a estrutura do serviço público brasileiro, precarizando e privatizando tudo.

 


Clube Certo SINSSP: sextou com pizza e desconto

Final de semana chegando, que tal terminar a sexta-feira com pizza? E que tal um descontão para melhorar ainda mais? Aqui no Clube Certo SINSSP promoção é o que não falta para quem é filiado ao sindicato.

Então, sextou com 50% de desconto em pizzas médias e grandes da família bacon na Domino's. Mas corre que essa condição é válida somente hoje, dia 24 de setembro, até as 23:59.

Acesse o desconto e veja mais informações através do site do sindicato na sua área de login do Clube Certo SINSSP. (clique aqui para acessar).

Mantenha o cadastro atualizado e se ainda não é filiado não perca tempo, clique aqui e filie-se, é rápido e fácil. Venha fazer parte da família SINSSP!

Além de aproveitar os descontos todos os dias, você ainda pode indicar lojas e serviços da sua região que ainda não são parceiras, é só entrar em contato com o SINSSP e informar.

Para compras online clique aqui e confira o passo a passo.

Use e abuse desta parceria! O Clube Certo SINSSP foi feito especialmente para você.

Sexta-Feira é bom, mas com Pizza é melhor ainda.

#QuemTemSabe

#ClubeCertoSinssp


Megafone, símbolo do podcast do Sinssp.

No AR o episódio #30 do MEGAFONE o canal de Podcast do SINSSP

No episódio dessa sexta-feira, dia 24 de setembro, o episódio #30 do MEGAFONE, o canal de Podcast do SINSSP traz informações sobre a aprovação da PEC 32 na comissão especial da Câmara dos Deputados, sobre a reunião ampliada do Sindicato para ouvir dos servidores sugestões para enfrentamento dos problemas do INSS e uma mensagem do Presidente do SINSSP para os 12 anos do sindicato.

Para ouvir clique aqui.

O programa também está disponível no Spotify: clique aqui para ouvir.

No Pocket Casts: clique aqui para ouvir.

No Podcasts do Google: clique aqui para ouvir e pelo RadioPublic: clique aqui para ouvir. Continue sintonizado no MEGAFONE, o canal de Podcast do SINSSP!

ATENÇÃO: você pode ouvir o episódio de hoje pelos links acima direto nas plataformas de streaming. Se a plataforma escolhida solicitar login, efetue o seu cadastro escolhendo logar pelo Facebook, Google ou e-mail e pronto, sua conta está criada, é fácil! Depois, só localizar o MEGAFONE, seguir o canal e ouvir o episódio 26.

Faça parte do SINSSP e ajude a fortalecer o sindicato que representa a sua categoria. Clique aqui e Filie-se!

 


PEC 32 passa pela comissão especial da Câmara, servidores precisam manter a mobilização

A Comissão Especial da Câmara dos Deputados que discute sobre a PEC 32 aprovou na tarde desta quinta-feira (23), o texto do parecer do relator, o deputado Arthur Maia (DEM-BA). A matéria aprovada é a sétima versão do texto apresentado pelo parlamentar.

Mesmo após a oposição frear a tentativa de golpe da base governista, na noite do dia 22, que tentava votar na surdina a Reforma Administrativa, as movimentações governistas deram um jeitinho de aprovar a matéria e saírem vitoriosos nesta etapa trocando membros para garantir a aprovação.

Dessa forma, a PEC 32 seguirá para o pleito na Câmara dos Deputados para votação sem incluir o judiciário, apenas os servidores que terão a redução drástica de direitos.

Diante desse cenário, mais do que nunca os servidores precisam manter a mobilização e continuar pressionando os deputados para votarem contra a PEC 32. Perdemos uma batalha, porém precisamos garantir a vitória da guerra!

Acesse o site “Na Pressão” e continue enviando mensagens para os parlamentares.

 


Minuto MEGAFONE contra a PEC 32 # Episódio 10

Minuto MEGAFONE contra a PEC 32 # Episódio 10 . A sociedade brasileira precisa saber o que esse governo está tramando contra o país e contra o povo!

Para ouvir clique aqui.

O programa também está disponível no Spotify: clique aquipara ouvir.

No Pocket Casts: clique aqui para ouvir.

No Podcasts do Google: clique aqui para ouvir e pelo RadioPublic: clique aqui para ouvir. Continue sintonizado no MEGAFONE, o canal de Podcast do SINSSP!

ATENÇÃO: você pode ouvir o episódio de hoje pelos links acima direto nas plataformas de streaming. Se a plataforma escolhida solicitar login, efetue o seu cadastro escolhendo logar pelo Facebook, Google ou e-mail e pronto, sua conta está criada, é fácil! Depois, só localizar o MEGAFONE, seguir o canal e ouvir o episódio 26.

Faça parte do SINSSP e ajude a fortalecer o sindicato que representa a sua categoria. Clique aqui e Filie-se!


Fundo amarelo e colorido, granada com o dizer PEC 32 é a granada que Paulo Guedes prometeu colocar no bolso dos servidores públicos!

Após uma tentativa de golpe, votação da PEC 32 é adiada

A Comissão Especial da Reforma Administrativa adiou para esta quinta-feira (23), às 9 horas, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/20. A oposição ameaçou pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para cancelar a reunião porque o relatório havia sido entregue depois do prazo combinado e o relator, deputado Arthur Maia (DEM-BA), apresentou mudanças no texto depois que os deputados já tinham apresentado 26 destaques.

A reunião da noite de quarta-feira (22) chegou a ser interrompida por quase uma hora para tentar um acordo para votação ou leitura do relatório, sem sucesso. A tentativa de golpe da base governista foi freada pela oposição.

O novo relatório da reforma administrativa apresentado nesta quarta-feira pelo deputado Arthur Maia excluiu os instrumentos de cooperação com empresas privadas. Esta era uma das principais críticas da oposição, que entendia que os convênios poderiam desviar recursos da Saúde e da Educação e prejudicar a qualidade de serviços públicos.

Outro ponto fortemente criticado foram as regras para contratações temporárias, que segundo a oposição levariam à redução do número de servidores concursados. O relator reduziu o prazo máximo dos contratos de dez anos para seis anos.

O relator fez outra concessão no dispositivo que permite reduzir em até 25% a jornada e o salário de servidores. No novo texto, os cortes serão limitados apenas a períodos de crise fiscal. Ainda assim, isso não agradou a oposição.

Apesar das mudanças, a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) anunciou que a oposição manterá sua votação contrária à proposta. “Não acrescenta nada a não ser rol de punição, avaliações vagas do serviço público para garantir demissões em massa”, atacou.

O relatório também fez mudanças na definição de carreiras exclusivas de Estado. Segundo o relator, o objetivo é evitar interpretação de que todas as demais carreiras teriam contratação por tempo determinado. Maia observou que o texto anterior poderia prejudicar a contratação de advogados dativos, em municípios sem Defensoria Pública, ou de advogados no exterior para representar a União.

Os servidores e a sociedade estão de olho no congresso nacional e em tudo aquilo que está sendo votado pelos deputados e senadores, caso essa PEC seja aprovada, os deputados que votarem favoravelmente a sua aprovação irão pagar um preço muito alto por defenderem a destruição do Estado e dos serviços públicos, bem como a retirada de direitos de milhares de servidores públicos por todo o país.

 


Qualidade de Vida e Envelhecimento Ativo: Como anda a sua alimentação?

Nesta semana o SINSSP traz dicas e reflexões para uma alimentação saudável com a Profª Rose do SABE - Centro de Promoção de Saúde e Bem Estar - novo parceiro do sindicato.

Assista aqui: