Preparar militares para atender fila leva um ano e meio, dizem trabalhadores do INSS
Maneira mais rápida de diminuir o problema que atrasa 3 milhões de pedidos de benefícios seria contratar servidores aposentados da própria seguridade social.

Servidores do INSS são contra uso de militares
A decisão do governo Bolsonaro de recrutar militares da reserva não reduzirá a fila de pedidos de benefícios do INSS. A opinião é de servidores do órgão, que afirmam: o certo seria realizar serviços públicos ou contratar servidores aposentados.

Para a guarda pretoriana tudo para os barnabés o confisco dos salários
O anúncio recente da contratação temporária de militares para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) demonstra que o Governo Bolsonaro não tem nenhuma preocupação com a sociedade.

A intervenção militar no INSS
O CAOS anunciado é o mesmo que o SINSSP e as demais entidades sindicais vêm alertando a longa data.

Governo implementa o desmonte do serviço público
Em 2022 restarão menos de 1/3 das unidades existentes atualmente, sendo 512 entre APS’s e prédios administrativos, sem contar as gerências que também serão reduzidas na mesma proporção.

Reunião com a diretoria do INSS debate pautas urgentes dos servidores
Dentre a pautas discutidas na reunião estão o recesso do final de ano e a situação dos assistentes sociais, confira.

Plano mais Brasil: um pacote de maldades para todos os trabalhadores
Confira levantamento e análise técnica do DIEESE sobre o pacote de maldades que o Governo entregou no Congresso no início de novembro.

Em reunião, GEAP informa ao sindicato novas saídas para planos altos
Na reunião com a GEAP o SINSSP informou todas as dificuldades dos servidores em pagar por um plano de saúde com valores exorbitantes e a operadora informou, em primeira mão, que há um projeto em andamento para suprir essa demanda.

Reunião na direção do INSS – pautas encaminhadas e algumas respostas ainda no vácuo
Confira tudo o que aconteceu na última reunião ocorrida na Direção Central do INSS em que o SINSSP esteve presente como representante da CNTSS.

Nota de falecimento
É com grande pesar que o SINSSP vem comunicar o falecimento de Ailton Marques de Vasconcelos, servidor da Gerência Executiva Osasco.

Carta aberta à população e servidores do INSS
Servidores do INSS cobram dos gestores que os problemas do Instituto sejam revistos e solucionados o mais breve para que os segurados que buscam o órgão, bem como os servidores do instituto, não continuem a serem prejudicados.

URGENTE, Lei é para ser cumprida: Dia da Consciência Negra é feriado nos municípios que assumiram a data
SINSSP orienta servidores do INSS a não trabalharem no feriado da Consciência Negra nos municípios que decretaram feriado.

Nota do SINSSP sobre o feriado da ‘Consciência Negra’
O SINSSP emite nota de repúdio contra ação do governo que não abrange o INSS no feriado da Consciência Negra.

Eleições SINSSP: apuração de votos confirma vitória da Chapa ‘A luta se faz todos os dias’
A apuração da eleição ocorreu na última sexta-feira (15) e a quantidade de votos recebidos legitimou a vitória da chapa para a diretoria do SINSSP no período 2020/2024.

O Verde-Amarelo que deixou a vida de todo mundo ruim com a extinção do Serviço Social no INSS
O trabalho Verde-Amarelo anunciado ontem (12) extingui o Serviço Social da prestação de um serviço qualificado e muito importante aos beneficiários da Previdência Social. É o governo Bolsonaro fazendo o seu discurso de “menos direitos e mais trabalho”.

Nova estrutura do INSS: quem vai pagar a conta?
O INSS Digital não deveria ser um bicho de sete cabeças dentro do Instituto. As agências estão com poucos servidores para o atendimento e uma demanda gigantesca e isso está gerando um desgaste muito grande entre os trabalhadores.

Eleições SINSSP: confira todos os detalhes do processo de votação do sindicato
Nos dias 11 e 12 de novembro ocorrerá a eleição no SINSSP e todos os filiados do sindicato estão convidados para votar e eleger a nova diretoria para o período de 2020/2024.

O Desmonte do INSS e da carreira do servidor público
Diante da Reforma Administrativa que assombra o serviço público, existem muitos outros pontos que são destaque no desmonte do INSS e da carreira do servidor público.

Diante dos ataques contra os servidores públicos é preciso unir forças para vencer uma luta por dia
Na reunião das GEX’s de São Paulo, o SINSSP deixou a mensagem de que é preciso unir todas as forças para defender o serviço público contra todos os ataques que estão ocorrendo na seguridade social e que o gerente continua sendo servidor independente do cargo que ocupa.

Reunião do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS)
Tadeu Costa, membro da diretoria do SINSSP e membro titular do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) discursou na reunião do conselho, na última quarta-feira (31), sobre a confusão no entendimento do que é seguridade social e assistência social e como elas vão se manter diante do atual quadro em que o Estado se encontra.

Parabéns Servidor Público do INSS
28 de outubro é dia de homenagear aquele que presta serviço ao público com seriedade, dedicação e amor. Parabéns servidor!!!

As cartas estão na mesa mais uma vez em busca do impossível
Na reunião do CGNAD, o SINSSP esteve presente pela CNTSS para discutir, mais uma vez, sobre os impactos financeiros que as metas absurdas impostas pelo INSS vão trazer para o servidor. Acompanhe na leitura abaixo.

Edição Especial do jornal Sinssp em Foco
Acaba de sair do forno a Edição Especial do jornal SINSSP em Foco. Leia a versão digital do jornal e fique por dentro do que está acontecendo na categoria.

Informação: reunião Ordinária do Conselho Nacional de Previdência Social
Fala do diretor do Sindicato e membro titular do Conselho Nacional de Previdência Social - CNPS - Tadeu Costa, em Reunião Ordinária ocorrida no dia 26/09/2019, em Brasília.

Reunião no INSS: avanços e divergências nas discussões
Houve avanços na reunião com o presidente do INSS, mas ainda tem muita luta pela frente para conquistar as divergências solicitadas.

Confira alguns dos destaques da reunião com o INSS ocorrida ontem,24
Veja a seguir alguns pontos positivos e negativos da reunião com o presidente do INSS ocorrida nesta terça-feira (24) em Brasília.

Porque o SINSSP é contra os 90 pontos?
Entenda por que o Sindicato é contra os 90 pontos que foram impostos pelo INSS à categoria.

Semana de decisões: SINSSP está em Brasília para reuniões, dentre elas com o INSS
O Sindicato está em Brasília para discutir ações com entidades e a presidência do INSS sobre as mudanças repentinas que estão ocorrendo dentro do Instituto.

SINSSP faz 10 anos
Hoje e dia de comemorar uma década de lutas árduas e conquistas.

Cartilha: Reforma da Previdência e os Servidores públicos
Confira cartilha digital sobre a Reforma da Previdência com abordagem específica para os servidores públicos do INSS.

ALERTA VERMELHO - em reunião do CGNAD portaria sobre mensuração da GDASS põe em risco salário do servidor
Em reunião, CGNAD debate novo indicador ITC-GDASS com entidades e sinal de alerta vermelho é acionado pela possibilidade de perda de gratificação para o servidor.

A Reforma da Previdência no Setor Público
O SINSSP organizou o Seminário – a Reforma da Previdência no setor público para chamar a atenção dos servidores do INSS sobre o problema que está por vir.

Pedra 90 pela visão do INSS
O INSS tenta a todo custo inverter o sentido da pedra 90 ao praticar o assédio organizacional contra os seus servidores.

Servidores com menos de 45 anos serão mais prejudicados com reforma
Servidores mais jovens e mulheres, além da idade mínima obrigatória terão também de se submeter a duras regras de transição. Novos servidores, contratados depois da reforma vão trabalhar mais tempo.

Votação do segundo turno da reforma da Previdência fica para segundo semestre
Os destaques do texto aprovado no primeiro turno foram votados na sexta-feira (12), porém o 2º turno acabou ficando para o segundo semestre, após o recesso dos parlamentares.

GDASS: INSS põe em risco avaliação institucional e soma mais um ataque ao servidor
O momento é de ataques contra a categoria dentro da gestão do INSS e dentro do “novo governo”. É hora de a categoria discutir sobre todos os projetos que estão vindo a todo vapor para juntar aos ataques contra os servidores.

Atenção: Mundança da concentração do ato na Avenida Paulista
Trabalhadores e estudantes devem se reunir às 16h em frente ao prédio da Fiesp

Edição Especial SINSSP em Foco - GREVE GERAL
Acaba de sair a Edição Especial SINSSP em Foco - GREVE GERAL. Leia a versão digital do jornal e fique por dentro do que está acontecendo na categoria.

Corte de meio bi no orçamento da Previdência prejudica atendimento à população
Medida pode aumentar ainda mais o tempo de atendimento para quem precisa de benefícios. Ex-ministro Berzoini diz que cortes são mais uma forma de Paulo Guedes agradar o mercado financeiro.

Superintendente de São Paulo quer vender prédio da Gerência Executiva São Paulo – Centro colocando em risco a vida de funcionários e usuários
A Superintendência do INSS iniciou as transferências de setores da área meio e das Gerências Executivas da Capital para o prédio da SR1 com a justificativa de falta de servidor e visando otimizar recursos. Será?

DIAP faz projeção da votação da PEC 6-19 reforma da Previdência
Com a comissão especial escolhida a dedo, o governo considera praticamente certo que conseguirá os 25 votos necessários para que a reforma da Previdência seja aprovada na 2ª etapa de tramitação na Câmara. Este é o número de deputados que precisam apoiar o texto — se todos os 49 participarem da reunião — para que seja encaminhado ao plenário. Ao menos 20 já estão fechados com o Planalto, de acordo com levantamento do DIAP.

MP 871-19: aprovada regras mais duras para acesso a benefícios do INSS; vai ao plenário da Câmara
A comissão mista que analisou a Medida Provisória (MP) 871/19, que busca, segundo o governo, combater fraudes e benefícios irregulares no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aprovou, nesta quinta-feira (9), o relatório do deputado Paulo Eduardo Martins (PSC-PR). O texto agora vai à votos no plenário da Câmara, depois no Senado.