Região metropolitana da capital antecipa feriados para conter pandemia
Na tentativa de conter o avanço da pandemia no estado de São Paulo, alguns municípios decidiram antecipar alguns feriados.

 

O Brasil tornou-se o epicentro da pandemia da Covid-19 com a saúde em colapso, mais de 300 mil vidas perdidas e mais de 12 milhões de casos registrados da doença.

Na tentativa de conter o avanço da pandemia no estado de São Paulo, alguns municípios decidiram antecipar os feriados municipais, como o Dia da Consciência Negra (de 2021 e 2022), aniversário das cidades, dentre outros feriados, e Corpus Christi (feriado nacional deste ano e de 2022) decretando um mega feriadão.

Desta forma, considerando o feriado nacional da Sexta-Feira da Paixão, que cai no dia 02 de abril, e os finais de semana serão 10 os dias não úteis.

No total, 13 cidades aderiram ao decreto da antecipação dos feriados, sendo elas os prefeitos dos municípios de Cotia, Diadema, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Mauá, Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Paulo e Taboão da Serra.

A cidade de São Paulo anunciou na última quinta-feira (18) a antecipação de cinco feriados municipais para tentar aumentar o índice do isolamento social e conter o avanço do novo coronavírus na capital paulista.

Neste período, o rodízio valerá normalmente, os bancos não abrem, mas as contas com vencimento nesses dias continuam.

Taboão da Serra segue a cidade paulista decretando 10 dias consecutivos sem dias úteis antecipando cinco feriados. A decisão do prefeito Taboanense segue pautada com a decisão do Conisud, consórcio de municípios que integram a região de Embu-Guaçu, Embu das Artes e Itapecerica da Serra.

O Consórcio Intermunicipal do ABC paulista que reúne os prefeitos das cidades de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, se reuniram na última segunda-feira (22) em assembleia extraordinária do Consórcio e deliberaram antecipar feriados municipais com o intuito de reduzir a circulação das pessoas e conter a aceleração do vírus da Covid-19.

O decreto vale a partir do dia 27 de março até o dia 04 de abril. Nesse período as atividades essenciais (exceto dos hospitais públicos e privados, serviços de saúde de urgência e emergência, farmácias, laboratórios, hospitais veterinários e demais serviços de natureza essencial ao funcionamento dos serviços de saúde) deverão encerrar o expediente às 17h.

Já a prefeitura de Cotia anunciou a antecipação dos feriados a partir do dia 29 de março até o dia 01 de abril. O decreto não se aplica aos serviços de saúde, funerário, assistência social e segurança urbana, além de outras atividades que não podem ser impedidas o seu funcionamento.

É importante ressaltar que o estado de São Paulo está na Fase Emergencial do Plano SP até o final do mês como medida de combate à pandemia na tentativa de frear o aumento de novos casos, internações e a perda de vidas para a doença, além de conter a sobrecarga nos hospitais e o aumento do colapso na saúde.

Fonte: Imprensa SINSSP

Para ter acesso às notícias do Sinssp no seu celular cadastre nosso WhatsApp (11) 9 89329730, envie “quero ficar informado” e fique por dentro de todas as novidades e informações da categoria.