Servidor: não confunda alhos com bugalhos - Parte I