Release para Imprensa: Processo Seletivo do INSS Beneficia Militares
Dirigentes do SINSSP denunciam à imprensa direcionamento em Processo Seletivo do INSS e “Trem da Alegria” para Militares da Reserva.

CNTSS-CUT divulga Nota de repúdio contra a contratação de militares pelo INSS e cobra a realização de concurso público
Confederação reafirma desacordo com a medida do Instituto e diz que situação requer investimentos, valorização dos servidores, concursos e consolidação da carreira do Seguro Social.

SINSSP OFICIA Presidente do INSS SOBRE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO QUE INCLUI MILITARES DA RESERVA
O SINSSP encaminhou ofício ao Presidente do INSS solicitando informações e esclarecimentos sobre o Edital para contratação por tempo determinado de aposentados pelo Regime Próprio de Previdência Social da União e de Militares inativos das Forças Armadas.

A militarização nos serviços públicos e a tomada do estado para os militares
O SINSSP já havia alertado em comunicado anterior aos servidores sobre a intervenção militar no INSS e agora fica mais claro ainda, a cada passo dado no governo Bolsonaro, o seu firme propósito na militarização do Estado brasileiro.

Após audiência no INSS, entidades sindicais se reúnem com deputado federal para pedir apoio às pautas do INSS
O SINSSP esteve no gabinete do deputado federal Carlos Veras (PT/PE) para articulação de audiências públicas para tratar sobre o caos do INSS e a contratação de militares para o setor público civil.

Concurso público é uma das armas contra a redução e militarização do Estado
Em audiência com o presidente do INSS, o SINSSP, representando a CNTSS, pediu concurso público imediato e criticou duramente a militarização na Autarquia.

O caos no INSS e a militarização do serviço
O Dia Nacional do Aposentado e da Previdência Social deve ser lembrado como dia de luta diante dos desmontes que o INSS vem sofrendo.

Preparar militares para atender fila leva um ano e meio, dizem trabalhadores do INSS
Maneira mais rápida de diminuir o problema que atrasa 3 milhões de pedidos de benefícios seria contratar servidores aposentados da própria seguridade social.

A intervenção militar no INSS
O CAOS anunciado é o mesmo que o SINSSP e as demais entidades sindicais vêm alertando a longa data.