Aumenta a precarização do trabalho no Brasil
Taxa de desemprego está estável - aumentou de 12,6% para 12,7% -, mas aumenta cada vez mais o número de trabalhadores SEM carteira.

Com Temer, 64 mil empresas fecharam as portas e demitiram 2,1 mi trabalhadores
Entre 2015 e 2016, o número de empresas registradas no Brasil caiu 1,3%, de 5.114.983 para 5.050.615.

28 milhões querem trabalhar, mas não conseguem; 5 milhões desistiram de procurar
Taxa recorde de desemprego e dificuldade para conseguir recolocação do mercado de trabalho faz quase 5 milhões de pessoas desistir de procurar emprego – 194% a mais do que em 2014.