Votação do segundo turno da reforma da Previdência fica para segundo semestre
Os destaques do texto aprovado no primeiro turno foram votados na sexta-feira (12), porém o 2º turno acabou ficando para o segundo semestre, após o recesso dos parlamentares.

Enquanto Maia apressa votação da Reforma da Previdência, servidores seguem perdendo os seus direitos
O presidente da Câmara está apressado para aprovar o texto da Reforma da previdência antes mesmo do recesso da Casa, em contrapartida os servidores seguem perdendo os seus direitos. É preciso lutar enquanto ainda há tempo.

GDASS: INSS põe em risco avaliação institucional e soma mais um ataque ao servidor
O momento é de ataques contra a categoria dentro da gestão do INSS e dentro do “novo governo”. É hora de a categoria discutir sobre todos os projetos que estão vindo a todo vapor para juntar aos ataques contra os servidores.

Feriado estadual da Revolução Constitucionalista de 1932
Comunicado SINSSP sobre emenda do feriado da Revolução de 32.

Sindicatos e movimentos permanecem em alerta com ameaça de votação da reforma
CUT-SP orienta entidades a manterem mobilização nas ruas e nas redes; Dia 10 de julho tem ato na Av. Paulista, às 17h, convocado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

Comissão especial aprova relatório da ‘reforma’ da Previdência, que agora vai a plenário
"Essa proposta aumenta a desigualdade social no país, gera mais recessão e mais desemprego. Sabe quem diz que essa reforma vai arrumar a economia brasileira? É o mercado financeiro, da ganância insaciável", diz líder do PT. "Vocês acham que Paulo Guedes, menino de Chicago, vem aqui pra defender pobre?", afirma líder do PCdoB.

Pegadinha na reforma mantém mais tempo de trabalho e benefício menor
Relator Samuel Moreira (PSDB/SP) manteve os principais pontos da reforma da Previdência que vai fazer trabalhadores contribuírem por mais tempo, vai retirar benefícios e deixar aposentadoria com menor valor.

Sem capitalização, setor financeiro tenta incluir ‘securitização’ na reforma da Previdência
Esquema destina tributos para o setor financeiro e impede até mesmo que a lei orçamentária do setor público seja cumprida, diz especialista em finanças públicas.

Unidade das centrais faz crescer a luta contra o fim da Previdência, diz Vagner
Em artigo, presidente da CUT diz que ação unitária foi determinante para o êxito das iniciativas e mobilizações coordenadas até aqui pelas Centrais para resistir e enfrentar os desmandos do governo Bolsonaro.

Reformas de Temer e Bolsonaro são tiro no pé, diz Esther Dweck
Economista explica por que austeridade como alternativa para crises não deu certo em nenhum lugar do mundo.

CUT e centrais intensificam mobilização contra a reforma da Previdência
Em nota oficial, centrais sindicais reforçam pressão a parlamentares como principal instrumento de luta para barrar a votação da reforma.

Previdência: centrais e Dieese querem mudanças para reduzir danos aos trabalhadores
Comissão especial retoma debates sobre parecer e representantes dos trabalhadores ainda pressionam por alterações no texto.

Servidores contribuem mais pela aposentadoria do que recebem, diz economista
Para Denise Gentil, é uma falácia dizer que os servidores públicos federais são responsáveis por parte do déficit da Previdência. Os professores, por exemplo, recebem de aposentadoria metade do que contribuem.

Trabalhadores com baixa renda perderão mais quando se aposentarem
Para Dieese, relatório da reforma da Previdência necessita de mais revisão para assegurar cumprimento dos direitos previstos na Constituição de 1988.

Relator tira itens da reforma, mas proposta continua cruel para os trabalhadores
Foi uma vitória parcial da luta, mas a classe trabalhadora precisa se manter mobilizada para enterrar de vez essa proposta nefasta que prejudica os trabalhadores e o país, diz o presidente da CUT.

Para centrais e Dieese, reforma da Previdência ainda tem perversidades
Dirigentes avaliaram a greve geral de 14 de junho como positiva e preparam agora entrega de abaixo-assinado contra a PEC da Previdência na Câmara e no Senado.

Atenção: Mundança da concentração do ato na Avenida Paulista
Trabalhadores e estudantes devem se reunir às 16h em frente ao prédio da Fiesp

Com unidade das categorias, São Paulo vai parar no dia 14 de junho
Várias categorias já aderiram a greve geral do dia 14 de junho, em São Paulo além da paralisação, atos e manifestações estão programados para ocorrer no dia 14.

Edição Especial SINSSP em Foco - GREVE GERAL
Acaba de sair a Edição Especial SINSSP em Foco - GREVE GERAL. Leia a versão digital do jornal e fique por dentro do que está acontecendo na categoria.

Povo sai às ruas em todo o país pela educação e rumo à greve geral
Estudantes e a população saíram às ruas nas capitais e no interior, em defesa de uma educação pública,contra a reforma da Previdência e rumo à greve geral. É o tsunami da educação contra Bolsonaro.

Sindicatos da CUT-SP intensificam mobilizações para a greve geral
Ações serão realizadas nos próximos dias; paralisação é resposta dos trabalhadores contra a reforma da Previdência.

Corte de meio bi no orçamento da Previdência prejudica atendimento à população
Medida pode aumentar ainda mais o tempo de atendimento para quem precisa de benefícios. Ex-ministro Berzoini diz que cortes são mais uma forma de Paulo Guedes agradar o mercado financeiro.

CUT e demais centrais voltam às ruas com os estudantes no dia 30 de maio
Estudantes, trabalhadores e trabalhadoras estarão juntos na Mobilização Nacional em Defesa da Educação e contra Reforma da Previdência, que será realizada em todo o país.

Pequeno Atlas da tragédia previdenciária brasileira
O livro Pequeno Atlas da Tragédia Previdenciária brasileira trata de uma publicação que reúne informações atualizadas na escala municipal, estadual e nacional sobre a Previdência Social e a Seguridade Social brasileira. Vale a pena a leitura!

Câmara discute esta semana BPC, aposentadoria de rurais, professores e policiais
Comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a reforma da Previdência retoma nesta semana audiências temáticas sobre alguns dos pontos mais polêmicos da proposta de Bolsonaro.

Superintendente de São Paulo quer vender prédio da Gerência Executiva São Paulo – Centro colocando em risco a vida de funcionários e usuários
A Superintendência do INSS iniciou as transferências de setores da área meio e das Gerências Executivas da Capital para o prédio da SR1 com a justificativa de falta de servidor e visando otimizar recursos. Será?

DIAP faz projeção da votação da PEC 6-19 reforma da Previdência
Com a comissão especial escolhida a dedo, o governo considera praticamente certo que conseguirá os 25 votos necessários para que a reforma da Previdência seja aprovada na 2ª etapa de tramitação na Câmara. Este é o número de deputados que precisam apoiar o texto — se todos os 49 participarem da reunião — para que seja encaminhado ao plenário. Ao menos 20 já estão fechados com o Planalto, de acordo com levantamento do DIAP.

MP 871-19: aprovada regras mais duras para acesso a benefícios do INSS; vai ao plenário da Câmara
A comissão mista que analisou a Medida Provisória (MP) 871/19, que busca, segundo o governo, combater fraudes e benefícios irregulares no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aprovou, nesta quinta-feira (9), o relatório do deputado Paulo Eduardo Martins (PSC-PR). O texto agora vai à votos no plenário da Câmara, depois no Senado.

Café com SINSSP: APS e GEX da Centro recebem o Sindicato para uma roda de conversa
Servidores da APS e GEX Centro participam do Café com SINSSP.

MPT faz campanha para destacar importância da ação sindical
"Conheça quem te representa" é o tema do chamado Maio Lilás. Em 2018, o Ministério Público recebeu mais de 8 mil denúncias sobre ataques à liberdade e à organização sindical.

Reforma da Previdência ignora falhas na arrecadação, aponta economista
Economistas e debatedores da imprensa tradicional se recusam a tratar de problemas ligados à arrecadação, pois isenções e até mesmo a sonegação beneficiam "a turma da bufunfa".

CUT lança o ‘Na Pressão’, ferramenta de luta nas redes para pressionar deputados
Pelo celular, tablet ou computador, você pode mandar seu recado para os deputados. Se eles aprovarem a reforma da Previdência de Bolsonaro, milhões de brasileiros não conseguirão se aposentar.

No 1º de maio de SP: Ninguém quer a reforma da Previdência de Bolsonaro
Medida de Bolsonaro ataca todo mundo, do campo e da cidade, homens e mulheres. População também conhece o Na Pressão e quer pressionar parlamentares contra reforma.

1º de Maio é marcado por protestos contra a reforma da Previdência de Bolsonaro
Milhares de pessoas saíram às ruas do país no Dia Internacional do Trabalhado para protestar contra a reforma da Previdência. No ato unificado das centrais foi marcado o 14 de junho como Dia da Greve Geral.

Os impactos da reforma da Previdência nos municípios
Estes dados são altamente representativos de uma realidade que não pode ser ignorada: a Previdência Social reduz as desigualdades sociais e regionais e exerce influência extraordinária na economia de milhares de municípios brasileiros.

Reforma de Bolsonaro tira mais de 50% das aposentadorias por invalidez
Hoje, o trabalhador que contribuiu por 20 anos - sendo 15 anos sobre o mínimo e cinco anos sobre o teto – recebe R$ 2.324,74 de aposentadoria por invalidez. A reforma propõe que ele receba R$ 1.180,73.

Novidade: concluído GT criado para avaliar a mensuração da GDASS, confira os detalhes
O Objetivo do GT foi avaliar a aplicabilidade e consistência de um novo indicador, em substituição ao IMAGDASS, para mensuração da parcela institucional da avaliação de desempenho para efeitos da GDASS.

No 1º de maio, centrais vão convocar greve geral contra reforma da Previdência
O dia 14 de junho é a data indicativa aprovada pela CUT e demais centrais para a paralisação dos trabalhadores em defesa das aposentadorias. Veja no final onde serão os atos do 1º de maio no Brasil inteiro.

E assim se repete a história do ‘eu avisei’
O SINSSP alertou o INSS que a demora para finalizar as demandas do Instituto traria sérios problemas, porém o órgão optou em não dar ouvidos aos conselhos do Sindicato. E agora?

CCJ aprova parecer do relator sobre reforma, veja como votaram os deputados
“É pelo direito à aposentadoria que vamos fazer um 1º de Maio unificado com todas as centrais sindicais para barrar a aprovação da reforma da Previdência no Plenário da Câmara”, diz o presidente da CUT.

Previdência para militares aumenta gastos, privilégios e desigualdades
Carreira é tratada à parte em PL que impõe 1% do sacrifício que a reforma exige dos demais. Aumento de despesas com militares pode sair de áreas como saúde e educação.

Água de uma em cada quatro cidades está contaminada com agrotóxicos
Ao todo, 27 pesticidas foram detectados por empresas de abastecimento de 1.396 municípios. "Brasil está servindo coquetel da morte pelo governo", diz Feijóo.

Vale do Anhangabaú: 1º de Maio vira marco histórico ao unir centrais sindicais
O motivo é a luta contra a reforma da Previdência proposta por Jair Bolsonaro (PSL) que, na prática, pode impedir os brasileiros de acessarem o direito à aposentadoria.

Para analista do Diap, se PEC da Previdência for votada nesta terça na CCJ será aprovada
Para Antônio Augusto de Queiroz, setores da oposição criaram expectativa de que o Centrão pode ser aliado na tramitação da proposta, mas esses deputados só estão “valorizando seu passe”.