Servidores do INSS são contra uso de militares
A decisão do governo Bolsonaro de recrutar militares da reserva não reduzirá a fila de pedidos de benefícios do INSS. A opinião é de servidores do órgão, que afirmam: o certo seria realizar serviços públicos ou contratar servidores aposentados.

Foto: Vilma Ramos/Diretora SINSSP

 

A decisão do governo Bolsonaro de recrutar militares da reserva não reduzirá a fila de pedidos de benefícios do INSS. A opinião é de servidores do órgão, que afirmam: o certo seria realizar serviços públicos ou contratar servidores aposentados.

Entrevista da diretora do SINSSP, Vilma Ramos, para o programa "Seu Jornal" da TVT.

Clique aqui para assistir.

Fonte:Seu Jornal/TVT

Para ter acesso às notícias do Sinssp no seu celular cadastre nosso WhatsApp (11) 9 89329730, envie “quero ficar informado” e fique por dentro de todas as novidades e informações da categoria.