Diante dos ataques contra os servidores públicos é preciso unir forças para vencer uma luta por dia
Na reunião das GEX’s de São Paulo, o SINSSP deixou a mensagem de que é preciso unir todas as forças para defender o serviço público contra todos os ataques que estão ocorrendo na seguridade social e que o gerente continua sendo servidor independente do cargo que ocupa.

Por Imprensa SINSSP

Os Gerentes Executivos (GEX’s) do estado de São Paulo estiveram em reunião com o superintendente da Regional Sul 01, Sr. Oliveira, na última quarta-feira (30),  ocasião em que  o SINSSP solicitou a sua participação, pedido que foi atendido, para falar sobre o papel do sindicato e dialogar sobre a situação e problemas do INSS.

O sindicato quis pontuar para os gestores presentes a preocupação com esse processo bastante difícil que o INSS vem passando com o intuito de fazer um diálogo fraterno sobre esse quadro. Os gestores prezam pelo bom atendimento é por isso que o SINSSP está tentando um diálogo com eles para construir soluções para a Casa que venham de encontro tanto para os segurados quanto para os servidores.

Os ataques do atual governo aos servidores públicos federais são um dos problemas que a Instituição está passando. A evasão de trabalhadores por conta das aposentadorias que somam uma perda de quase 30% da mão de obra do órgão e o processo de contenção de despesas que está afetando a Casa também fazem parte do pacote de maldades contra o serviço público. O sindicato fez um levantamento e descobriu que algumas gerências do Brasil já estão sofrendo com a falta de materiais de consumo e dinheiro para comprar equipamento.

O INSS é uma autarquia que presta um serviço de extrema importância para a sociedade e o tratamento dado a ele é muito ruim e afeta não só o Instituto como também os servidores e a sociedade que tem o direito de receber um serviço público de qualidade e com excelência.

E como fica o novo indicador, o ITC GDASS?

Um dos pontos abordados pelo SINSSP com os Gerentes Executivos e Superintendente foi a respeito do novo indicador da Avaliação de Desempenho dos servidores, o ITC-GDASS.

O SINSSP informou que esse processo de discussão foi totalmente deturpado pela Direção Geral. O INSS ao substituir o IMA-GDASS, indicador responsável por mensurar a dimensão Institucional da Gratificação de Desempenho (GDASS), pelo ITC GDASS colocando como meta a quantidade de tarefas concluídas está descumprindo  o que diz a Lei 10.855/2008 da Carreira do Seguro Social bem como jogou por terra toda a discussão feita com as entidades sobre o tema.

Aproveitando-se da síndrome da produtividade adquirida pela categoria, transformou o indicador institucional da GDASS em indicador individual, ou seja, impondo um novo critério, o da produtividade para avaliação do servidor, travestido de indicador institucional afrontando totalmente a legislação.

Os gestores foram relembrados que a Avaliação de Desempenho no INSS foi amplamente debatida a época com as entidades sindicais e que tem como premissa básica a utilização da mesma como instrumento de Gestão, assim ela foi introduzida não apenas  como instrumento de melhoria na  gestão, mas também como instrumento de melhoria continua dos programas de  capacitação e qualificação  dos servidores  e é por isso que tal premissa permeia todos os artigos que tratam da Avaliação de Desempenho na Lei 10.855/2008 , Carreira do Seguro Social.

O SINSPP aproveitou a reunião com os gestores para informá-los que a CNTSS (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social) já cientificou  ao Presidente do INSS que é totalmente contra as manobras e que estará  discutindo  com a categoria para rechaçar o indicador ITC-GDASS por infringir artigos da Lei da Carreira do Seguro Social  10.855/2008 e que certamente se o INSS persistir acarretará enormes perdas financeiras aos servidores na principal parcela da sua remuneração, a GDASS.

Diante desse quadro é preciso somar forças para defender o servidor público do INSS, pois são muitos os ataques que estão ocorrendo na seguridade social e vale lembrar que o gerente continua sendo servidor independente do cargo que ocupa.

A luta deve ser de todos!

As próximas matérias publicadas tratarão do desmonte do INSS e da nova estruturação da Casa. Não deixe de acompanhar!

Fonte:*

Para ter acesso às notícias do Sinssp no seu celular cadastre nosso WhatsApp (11) 9 89329730, envie “quero ficar informado” e fique por dentro de todas as novidades e informações da categoria.